Ortopóvoa

Em 1991, foi constituída a ORTOPÓVOA, Clínica de Ortodontia da Póvoa de Varzim Lda, entidade empresarial no âmbito da saúde oral, que veio responder às necessidades crescentes de espaço e qualidade dos serviços ortodônticos a prestar, ao cada vez maior número de pacientes. Com um quadro de pessoal bem preparado, laboratório próprio e equipamento atualizado, a Ortopóvoa apostou desde a sua constituição, na qualidade.

Durante oito anos a Ortopóvoa Lda. teve a sua sede situada na Rua Manuel Silva n.º 13 r/c, na cidade da Póvoa de Varzim (de Dezembro de 1991 a Setembro de 1998). O Diretor Clínico, PROF. DOUTOR AFONSO PINHÃO FERREIRA exerce medicina dentária desde 1982, é especialista em ortodontia e foi o primeiro médico dentista a dedicar-se exclusivamente à ortodontia a nível nacional em 1989. A Clínica tem tido um trajeto evolutivo que se tem adequado com oportunidade ao percurso curricular e à qualificação profissional do seu Diretor Clínico e colaboradores, bem como às necessidades do mercado no campo da saúde oral. Assim sendo, prestou serviços médico dentários e ortodônticos (de 1982 a 1991) e exclusivamente ortodônticos (de 1991 a 2008). Em 2008, entendeu apostar num projeto renovado que denominou por: ORTOPÓVOA - CLÍNICA DE ORTODONTIA E REABILITAÇÃO OROFACIAL, LDA.  

Por essa razão, a Ortopóvoa Lda. resolveu lançar a construção de uma nova clínica, com novos objetivos:

- criar um sistema de trabalho baseado na aplicação sistemática de uma metodologia GLOBAL de tratamento em cada um dos casos a tratar;
- estruturar metodologicamente a planificação do tratamento pluridisciplinar ortodôntico / reabilitador orofacial em termos estéticos e funcionais;
- valorizar A SEDUÇÃO NA EXPRESSÃO FACIAL COMO OBJETIVO PRIMORDIAL enquanto contributo à auto-estima e veículo de inserção social e profissional do paciente.

Na verdade, a Direção Clínica optou por estudar cada paciente considerando a sua capacidade de sedução com a expressão facial, através da harmonização da face e da estética dos dentes e do sorriso, tudo analisado valorizando a eficácia funcional do aparelho estomatognático. Para isso, necessitou de integrar no seu corpo clínico, médicos dentistas pós-graduados em várias valências da saúde oral, nomeadamente: cirurgia oral, cirurgia maxilofacial, prótese fixa, implantologia e periodontologia.

Neste momento, a ORTOPÓVOA tem um ficheiro de cerca de 9000 pacientes.